1

A Troca

Lemos na Bíblia, a historia dos filhos de Isaque, Esau e Jaco (Gn. 25:24). Mesmo sendo gêmeos, Esau era o filho primogênito, pois foi o primeiro a nascer. Como primogênito, Esau tinha privilégios que era costume na época entre o povo Hebreu. Dava-se muita importância à primogenitura entre os homens.

Jaco, sendo gêmeo e sendo o segundo a nascer, não teria os privilégios que seria conferido ao seu irmão Esau, e isso o preocupou e fez com que ele armasse uma situação para receber para si o direito da primogenitura.

Certo dia, Jaco havia preparado um suculento guisado de lentilhas, quando seu irmão Esau chegou do campo muito cansado e faminto. Este, vendo o guisado preparado pelo seu irmão, disse: “Deixa-me, peço-te, comer desse guisado vermelho, porque estou cansado.”

Era essa a oportunidade que Jaco esperava, e não perdeu tempo dizendo ao seu irmão Esau: “Vende-me, hoje, a tua primogenitura.” E Esau, diante do seu cansaço e fome, não hesitou, deu mais valor ao seu estômago do que os privilégios da primogenitura e disse” Eis que estou a ponto de morrer, e para que me servirá logo a primogenitura?” E Jacó deu pão a Esaú e o guisado das lentilhas; e ele comeu, e bebeu, e levantou-se, e foi-se. Assim, desprezou Esaú a sua primogenitura.

Esta foi tipicamente uma troca mal feita. Certamente você pode estar criticando a atitude de Esau, dizendo que você jamais faria uma coisa dessas.

Hoje, nós, os que temos Jesus como nosso único e suficiente Senhor e Salvador, temos um grande privilegio, o de sermos chamados filhos de Deus, termos a comunhão e a presença do Espirito Santo, termos ao nosso Eterno Deus como nosso Pai, nosso guia e protetor, e sobretudo, a salvação, a vida eterna.

E agora pergunto, quantos de nós hoje, não estamos fazendo diariamente trocas malfeitas por um prato de lentilhas? Para Esau, o prato de lentilhas representava o desejo momentâneo do seu corpo, a fome. Para nós hoje, o prato de lentilhas pode ser representado pela televisão, cinema, uma danceteria, o jogo de futebol, o carnaval, literaturas profanas, uma rodada de chope no bar, enfim, há uma grande variedade de pratos de lentilhas suculentos aos nossos olhos, atiçando a vontade de nosso corpo.

É comum nos dias de campeonato de futebol, alguns crentes faltarem ou chegarem atrasados ao culto na igreja por terem ficados presos ao futebol. Uma troca mal feita! Recentemente ouvi o comentário a respeito de um líder, que chegou atrasado e cansado à igreja e disse que estava assistindo um determinado programa na televisão. Misericórdia! Espero que ele não sirva de exemplo para ninguém.

Quantos trocam a leitura da Palavra de Deus pela leitura de uma literatura profana! Quantos trocam um momento de oração pelo prazer de um filme na televisão (não somos contra a televisão, mas contra o mau uso dela)! Quantos trocam o culto na igreja por uma partida de futebol! Quantos estão trocando os diretos da primogenitura por um prato de lentilhas!

O diabo, nosso adversário, é o maior especialista nos classificados em ofertas de trocas. Ele teve a ousadia de propor várias trocas para o próprio Filho de Deus, Jesus Cristo. Lá no deserto, quando Jesus jejuava, o diabo ofereceu o mundo para Jesus em troca de uma adoração a ele. Sugeriu a troca de um milagre de transformação de pedra em pão pelo saciar de sua fome.

Jesus porém, nos deu exemplo de perseverança, e de resistência aos desejos da carne evitando uma troca mal feita. Está escrito na Palavra de Deus: “Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?” (Mt. 16:26)
Mesmo o mundo todo não vale como troca pelas bênçãos da comunhão com nosso Deus! Você tem feito alguma troca ultimamente? Que tal desfazer o negócio devolvendo o prato de lentilhas e recebendo de volta o direto da primogenitura?

Que Deus o(a) abençoe.
Por: Mestre Walter Ponci
IBMdaF – Igreja Batista Ministerial da Família

Comment(1)

  1. Responder
    Anônimo says

    No meu caso o que me deixou muito p da vida foi uma pequena protus

Deixe um comentário