ibmdaf kids

O primeiro exemplo que me veio a mente foi Samuel recebendo uma missão (1 Sm 3), a irmã de Moisés (Gn 2.1-10); os órfãos, filhos de um discípulo do profeta Eliseu (2 Rs 4.1-7); a menina, filha da mulher grega (Mc 7.24-30), as crianças que queriam aproximar-se de Jesus (Mc 10.13-16) e a menina israelita que foi tomada como escrava pelo exército da Síria, comandado por Naamã. Todos eles apesar de serem crianças, nos deixam um grande exemplo de que a vida com Deus não tem idade, tempo e nem hora certa para começar.

Para que nossas crianças tenham uma visão concreta do Reino de Deus, elas precisam ao longo de sua infância, e por certo de sua vida, serem levadas a tererm consciência do amor de Deus e do que Cristo fez por elas, e consequentemente serem estimuladas a responderem espontaneamente a este amor. A evangelização deve consistir na própria ação de educação cristã, já desenvolvida na IBMdaF. Crescendo num ambiente onde a criança ouve e vivencia o Evangelho ela terá condições de: conhecer e acolher o amor de Deus e, por sua graça, se desviar do caminho do pecado e da injustiça; preservar sua salvação, despertar e fortalecer sua fé. Portanto, “ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Pv 22.6).