Apesar dos jovens serem especialmente escolhidos por Deus para serem agentes de mudança. “Jovens, eu lhes escrevi, porque vocês são fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno” (I João 2.14). 

Vivemos dias realmente difíceis quando tratamos de juventude. Tanto fora quanto dentro da igreja vemos uma geração surgir sem comprometimento com valores morais e limites, e principalmente sem o desejo de verdadeiramente entregar sua vida ao controle de Jesus.

São pouco os que realmente entenderam o chamado e estão dispostos a seguir pelo caminho estreito. São poucos os que lutam pelo que acreditam, defendendo seus ideais e entregando suas vidas em favor de uma causa, principalmente quando a causa é Jesus Cristo.

Entretanto é muito comum vermos, , nos dias de hoje, uma geração que se vende por muito pouco para o pecado e que abre mão dos valores eternos por valores passageiros deste mundo consumista e egoísta. Uma geração que permite que ventos soprem das mais diversas partes fazendo-os desviar da pureza e da simplicidade da Palavra de Deus.

O fato é que, seja no Brasil ou em qualquer outra parte do mundo, quando os jovens decidem defender o que acreditam, não há quem os detenha. Nem barreiras materiais, nem barreiras espirituais. A única coisa que pode atrapalhar a caminhada dos jovens cristãos em todo o mundo é o desânimo e a falta de sabedoria.

Por conta disso é que os jovens da Igreja Batista Ministerial da Família, denominados GERAÇÃO DE SAMUEL, se levantam para fazer a diferença em um mundo com uma juventude tão conturbada e perdida.

O Ministério Geração de Samuel se levanta como jovens piedosos, cheios de graça e coragem, impelidos pelo Espírito Santo a guerrearem contra os desejos nocivos da juventude, que pagam o preço dobrando seus joelhos em oração clamando a Deus pela Salvação dos perdidos e que tem coragem de entregar suas vidas completamente para a Obra evangelizadora no mundo, sem pensar no que vão receber em troca. Uma juventude que simplesmente ambiciona fazer a vontade do Pai.